Turismo Cemiterial

Primo Raffaelli

 

Primo Raffaelli, nasceu em 03 de março de 1901, na área rural do município de Jacutinga, na casa de fazenda, situada próxima a Cachoeira da Saudade, seu pai João Raffaelli e Adalgisa Martini Raffaelli, imigrantes italianos da região de Lucca, vieram para o Brasil em 1900, destinados a trabalhar na lavoura de café. O seu nome Primo, deriva de primogênito.
Ele teve mais oito irmãos: Irma, Maria, Leontina, Vanda, Antônio, Aldo, Rafael e Francisco e desde pequeno ajudava na lavoura de café com seus irmãos, tendo estudado apenas até o 3º ano em escola primária. O jovem era autodidata; se casou com Nella Pieroni, com quem teve dois filhos, José Clévio (Zito) Raffaelli e Gilberto Raffaelli. Nesse período trabalhou no armazém de Giuseppe Pieroni, seu sogro.
Com a crise de 1929, foi trabalhar como estivador no porto de Santos, e também como negociador de café, aos poucos se fortificou na região de Jacutinga como um grande influente neste ramo, como também o plantio e produção de café próprio. Junto a isso iniciou a extração de água mineral em sua propriedade, criando o parque da Fonte São Clemente, na década de 1940 e também deu início ao processo de fabricação de tijolos cerâmicos.
Sua plantação de café foi precursora na região na inserção do cultivo de café por curvas de nível (E condecorada pelo ministro da agricultura da época), lhe rendendo um prêmio honorário.
Seu armazém de café era considerado um dos maiores da região.
Uma curiosidade era que empregava mulheres como catadeiras de café, selecionando os grãos, média de 100 mulheres, durante o ano todos e 8 chapas internos.
Em 1959 foi eleito prefeito do município de Jacutinga, e tinha como grande ídolo Floriano Saretti, prefeito anterior do município. Alguns feitos importantes para a cidade foram, por exemplo, a transposição do cemitério, localizado no Alto da Santa Cruz, para a sua localização atual, a inauguração do matadouro municipal, e a doação e construção do Lago Municipal dentro da cidade. Morou, junto a esposa, em casa localizada na esquina das ruas Santo Antônio e Cel. Estevão, no centro da cidade, até sua morte em 17 de abril de 1984.
Primo Rafaelli foi autodidata, trabalhou como estivador no porto de Santos, e também como negociador de café, foi eleito prefeito do município de Jacutinga, e tinha como grande ídolo Floriano Saretti, prefeito anterior do município. Alguns feitos importantes para a cidade foram, por exemplo, a transposição do cemitério, implementação do Lago Municipal dentro da cidade.
*03-03-1901
+17-04-1984

Notícias recentes

ATENÇÃOATENÇÃO

A Prefeitura de Jacutinga, por meio da Secretaria de Ação Social, informa que devido à instabilidade do t [ ... ]

PREFEITURA DE JACUTINGA OFERTA 130 CIRURGIAS DE CATARATAPREFEITURA DE JACUTINGA OFERTA 130 CIRURGIAS DE CA...

A Prefeitura de Jacutinga, por meio da Secretaria de Saúde, conseguiu 130 cirurgias de catarata para paciente [ ... ]

BOLETIM SEMANAL 08/12BOLETIM SEMANAL 08/12

BOLETIM SEMANAL 08/12: confira os dados oficiais sobre o Coronavírus em Jacutinga!
.
DEVIDO A QUEDA NO NÚME [ ... ]

‼️ VACINAÇÃO COVID-19‼️ VACINAÇÃO COVID-19

‼️ VACINAÇÃO COVID-19
📌 QUINTA-FEIRA – 09 DE DEZEMBRO
📌 ÚLTIMAS UNIDADES DE DOSE DA VACINA PFI [ ... ]

PROGRAMAÇÃO CINE CIDADE VILA NAZARÉ

Hoje e amanhã, 08 e 09 de dezembro, tem Cine Cidade no Bairro Vila Nazaré!
Confira a programação e venha  [ ... ]

© 2021 PREFEITURA DE JACUTINGA MG • GESTÃO 2021-2024 • O FUTURO É AGORA! Praça dos Andradas, sn - Centro - Tel.: (35) 3443-1022 - CEP 37590-000 - Brasil

@webmaster