Pedro Rubim

Imprimir

Da união de Francisco e Calimélia Rubim nasceram dez filhos, sendo o oitavo filho Pedro, nascido no dia 08 de fevereiro de 1917 em Jacutinga, morava em frente à igreja matriz, foi coroinha e era uma criança muito agitada aprontava e brincava com seus irmãos.
O menino estudou até o quarto ano no colégio Santo Antônio e ao lado do seu pai trabalhava desde muito novo na maquina de café, mas a vida lhe deu um golpe, ainda muito jovem, perdeu seu pai e acabou por assumir a família, pois seu pai deixara bens e dividas.
Aos 27 anos foi voluntário para Itália para defender sua amada pátria durante a Segunda Guerra Mundial onde acabou encontrando seu irmão Lazaro que também estava se voluntariando como médico retornou ao Brasil em 45 e com toda experiência de vida começou a comercializar café no Rio de Janeiro.
Dedicou-se ao cultivo do café, reflorestamento e foi pioneiro na pecuária leiteira da raça pitangueiras, casou-se com Maria de Lourdes e teve dois filhos, era um homem muito querido tinha muitos amigos e sempre se reuniam na praça onde o assunto principal era politica.
O sargento foi condecorado com uma medalha de esforço na guerra em 47, o avô amoroso, amigo presente e Pai e marido dedicado faleceu em 01 de julho de 1995.
Pedro Rubim foi voluntário para Itália para defender sua amada pátria durante a Segunda Guerra Mundial, foi condecorado com uma medalha de esforço na guerra em 47, cafeicultor, pioneiro na pecuária, um homem muito querido por todos.
*08-02-1917
+ 01-07-1995